BUSCAR IMÓVEL

BUSCAR IMÓVEL

13

set
2016

Imóvel residencial em SC tem valorização de 37% em 10 meses

Imóvel residencial em SC tem valorização de 37% em 10 meses

A Pesquisa do Mercado Imobiliário (PMI), levantamento divulgado recentemento pela Fecomércio SC, mostra que houve uma valorização de 37% no mercado de imóveis residenciais para venda em dez meses. Em agosto, foi registrada a quinta alta seguida em 2016.

A categoria que mais chama a atenção no estudo da Fecomércio SC são os imóveis que custam mais de R$ 1 milhão no Estado. Eles tiveram valorização de 78% entre novembro do ano passado e agosto deste ano.

Já os preços de imóveis comerciais para venda tiveram queda de 2% no valor médio do metro quadrado. Levando-se em conta a alta da inflação do período, de 8,39% (IGP-M), quem vendeu nesse período perdeu dinheiro.

Assim como os imóveis residenciais para a venda, os aluguéis residenciais de imóveis grandes foram os que mais valorizaram no período de novembro de 2015 a agosto de 2016. Os apartamentos de quatro quartos tiveram crescimento médio de 22,4% no metro quadrado, e as casas de quatro quartos valorizaram 15%. Mas as quitinetes também tiveram um aumento de preços expressivo, de 9,5%, enquanto os apartamentos de um dormitório sofreram queda de 0,4%.

Por outro lado, quem investiu em sala comercial para alugar passa por um momento ruim. Esse tipo de imóvel sofreu queda de 4,8% no preço médio do metro quadrado, segundo o levantamento. Já as casas comerciais para aluguel valorizaram em 20,5% e as lojas, 17,4%.

De maneira geral, os imóveis comerciais em Santa Catarina apresentaram crescimento de 4%, um resultado ruim frente a uma inflação alta. No caso da Grande Florianópolis, isso se explica pela grande oferta de imóveis disponíveis.

– Na Grande Florianópolis, até 10 ou 15 anos atrás, tínhamos pouca oferta de imóvel comercial. Passou-se a investir muito nesse segmento, o que fez o número de lançamentos se multiplicar. Com a oferta grande, os preços acabaram caindo – diz o presidente do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis (Secovi) de Florianópolis, Fernando Amorim Wilrich.

Balneário Camboriú tem preços mais altos de Santa Catarina

Famosa por imóveis de alto padrão, Balneário Camboriú é a cidade mais cara do Estado para comprar ou alugar imóveis residenciais ou alugar comerciais. Para a compra, o metro quadrado em Balneário custava em agosto R$ 7.998, superior à Capital que ocupa a segunda posição, com média de R$ 5.159.

Balneário também é a cidade mais cara para locação comercial, à frente de Florianópolis. A dupla só inverte quando se analisam os dados de venda comercial: neste caso, a Capital catarinense lidera e Balneário vem em segundo lugar.

Fonte: Diário Catarinense

Autor: Equipe Andrea Cardoso

COMPARTILHE